Home  | Notícias  | Expediente 



05 de Fevereiro de 2019 - 22:04

Alta do feijão surpreende consumidores e supermercadistas em Sidrolândia




Foto: Divulgação

 

Um item indispensável na mesa dos brasileiros subiu repentinamente e tem surpreendido consumidores nos principais supermercados de Sidrolândia, conforme apurou nossa reportagem os empresários donos das lojas não tem o que fazer e simplesmente estão repassando o preço.

Os supermercadistas das maiores lojas, Nutrimais, Nandas e Nutri Shopping não estão conseguindo segurar à alta, pois desde o início de janeiro, o preço do alimento teve um aumento de mais de 50%.

A auxiliar de serviços gerais, Carmem Veloso 43 anos, ficou surpresa quando começou a fazer as compras do mês e teve que levar menos pacotes dois pacotes de feijão carioca, em vez de quatro como é de costume. “Vou levar dois quilos, geralmente eu levo quatro ou cinco quilos por mês. Hoje eu vou levar dois quilos, porque está caro e não tem condições”.

O feijão já é encontrado em alguns supermercados de Sidrolândia de R$ 7,59 a R$ 10,09 dependendo da marca do produto.

Empresários - Para o empresário Acelino Cristaldo, dono do Nandas a alta atinge a todos ainda mais que o feijão é um produto diferente de outros grãos como arroz e milho onde é possível fazer estoque, pois ele perde a qualidade em cerca de 2 a 3 meses. O proprietário do Nutrimais Atacado, Buchanelli destacou que informar a sociedade sobre o caso é importante, pois os supermercadistas viram reféns e simplesmente são obrigados a repassar o aumento, mesmo se tirassem as margens de lucro, ainda ficaria caro para o consumidor.

Produção - Os maiores produtores de feijão do país estão concentrados no Paraná e em Minas Gerais, que tiveram a safra afetada por conta da estiagem. Um estudante de Economia e colaborador de um projeto que calcula o índice da cesta básica, João Paulo da Costa, afirma que a alta vai continuar por um tempo. “A previsão é que volte a ser normalizado a partir da entrada da segunda safra no mercado. Isso vai ocorrer no final de abril para maio". E esse aumento, deve influenciar também no preço do principal substituto do carioca, o feijão preto.

Negócios - De acordo com a consultoria Safras&Mercado, há um ano a saca valia R$ 111,50 e no fechamento do mercado na terça-feira, dia 22,  valia R$ 280 na bolsinha em São Paulo. As cotações do feijão devem continuar subindo, de acordo com Marcelo Lüders, presidente do Instituto Brasileiro do Feijão e dos Pulses (Ibrafe).

“Já há negócios sendo reportados acima de R$ 300/saca principalmente no interior de São Paulo, onde produtores estão vendendo lentamente, Minas Gerais e no entorno de Brasília. A grande maioria dos produtores está fazendo preço médio, mas a expectativa é que os preços possam subir mais dentro do quadro atual de oferta e demanda”, explica.

A valorização do feijão é reflexo das quebras na colheita da 1ª safra 2018/2019, que responde por 40% da oferta total prevista para as três safras anuais do grão. De acordo com a Carlos Cogo Consultoria, a área de cultivo recuou 5% na 1ª safra 2018/2019, diante dos baixos preços recebidos pelos produtores ao longo do ano passado e do consumo interno enfraquecido.

Redação – Noticidade


principal  |  imprimir

Plantão

.
18/02/2019 - 13:43  “Sem condições”, afirmam moradores do Eldorado sobre estradas na região
18/02/2019 - 10:25  Ao lado de Enelvo, vereadores e Presidente visitam Agraer e levam demandas
18/02/2019 - 09:23  Rede Municipal de Ensino retorna com mais de 8,2 mil alunos para 2019
17/02/2019 - 21:35  Maracajuense Valdeir Souza Silva vence Duathlon no Bonito Cross
17/02/2019 - 21:11  Contrato emergencial com a Morhena garante retomada na limpeza de lixo e entulhos
17/02/2019 - 20:59  Sorteio IPTU: Prefeito e secretários visitam construção de casa que será sorteada
17/02/2019 - 19:55  Harmonia e agradecimentos marcam retorno das sessões no Legislativo
17/02/2019 - 19:08  Membros do “Judô para Todos” participam de evento da FJMS
17/02/2019 - 18:45  Colisão entre carro e moto na contramão é registrada por câmera de segurança
17/02/2019 - 12:16  Operação de combate ao crime organizado mobilizou Bope, choque, PRF e SIG
17/02/2019 - 11:20  Mulher desmaia dentro de veículo após agressões; autor acabou detido pela PM
15/02/2019 - 09:47  Prefeitura notifica donos de terrenos do Alto da Figueira e Porto Seguro
15/02/2019 - 08:37  Maracaju tem operação e mais dois mortos envolvidos em execução de PM
14/02/2019 - 18:26  Famílias assinam contrato e já podem dar início na construção das casas
14/02/2019 - 18:05  Com mandado de prisão em aberto, morador de rua é preso pela PM
14/02/2019 - 17:04  Com Dengue, vereador chama atenção do prefeito, “o lixo tomou conta”
14/02/2019 - 13:43  Banda de Maracaju vira destaque ao levar rock nacional ao Chile e à Argentina
14/02/2019 - 08:10  Menino de 13 anos morre de possível Dengue hemorrágica no Hospital de Sidrolândia
13/02/2019 - 19:47  Homem invade casa, agride ex e ameaça jogar filha de um mês contra a parede
13/02/2019 - 19:32  Procon flagra produtos vencidos em loja de conveniência de Sidrolândia
 
 
 





 

 








Contato:(067) 9 9658 0765
Email: jornalnoticidade@hotmail.com

© 2019 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados