Home  | Notícias  | Expediente 



28 de Novembro de 2018 - 13:12

Empresa que realiza concursos em Maracaju e mais 11 cidades é alvo do Gaeco por supostas fraudes




 

Membros do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) estiveram nesta quarta-feira (28) na Vale Consultoria e Assessoria, com sede em Campo Grande.

A Vale é responsável por 12 concursos no interior do Estado, segundo o site da própria empresa. Parte deles foi cancelada por suspeitas de fraude e irregularidades no edital.

Em Maracaju, o Ministério Público pediu diversas alterações no edital do concurso da Prevmmar (Serviço de Previdência dos Servidores Municipais de Maracaju) em fevereiro deste ano.

Em Bonito, o concurso que previa 15 vagas com salários de até R$ 7,2 mil para a Câmara Municipal foi cancelado por meio do diário oficial do município. O MPE-MS (Ministério Público Estadual) apurava denúncias de supostas irregularidades praticadas pela empresa.

Ainda neste mês, a juíza Kelly Gaspar Duarte Neves, da 1ª Vara de Aparecida do Taboado, determinou o afastamento de dois secretários municipais e quatro ocupantes de cargos comissionados da prefeitura. Eles são acusados de fraude na licitação para contratar a Vale Consultoria e também de fazer ‘cola’ para serem aprovados no concurso.

Operação

Em nota, o MPE-MS informou que o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) foi para as ruas na manhã desta quarta-feira (28) na operação “Carta Convite”, para cumprir mandados contra empresas que estariam envolvidas em fraudes de concursos públicos.

Informações preliminares são de que oito mandados de busca e apreensão são cumpridos em Campo Grande, contra empresas supostamente envolvidas em fraudes de concursos públicos. Na Vale, a equipe do Gaeco ficou na empresa por cerca de três horas, de onde saiu com documentos.

Foram apreendidos documentos e computadores da empresa Sigma, que presta serviços de consultoria, na Idagem Assessoria e Consultoria ME e na Vale Consultoria e Assessoria.

De acordo com as investigações, as empresas envolvidas participavam de diversas licitações, fazendo com que os convites fossem sempre direcionados à elas. Também formulavam propostas em conjunto, para acertar qual delas seria a vencedora, inclusive para aprovação fraudulenta de candidatos.

Também foram feitas buscas nas residências dos proprietários das empresas.

A ação é um desdobramento da operação “Back Door”, realizada em julho deste ano, em Aparecida do Taboado, que investigou fraude em uma licitação para realizar concurso público. (Com informações do Midiamax)

Redação – Noticidade 



principal  |  imprimir

Plantão

.
22/02/2019 - 17:45  Jovem acusado de homicídio estava escondido em área rural de Maracaju
22/02/2019 - 16:16  Center Mais encerra atividades e faz queima de estoque com preço de custo
22/02/2019 - 09:19  Perseguição resulta em apreensão de 760 kg de maconha na BR-060
22/02/2019 - 08:41  Jovem de 17 anos não resiste a ferimentos e morre após acidente
21/02/2019 - 18:35  Em entrevista coletiva, prefeito reconhece falha, mas garante reforma nas escolas
21/02/2019 - 13:55  Estudante é preso com mais de 400 quilos de maconha na MS-164
21/02/2019 - 11:20  Após pressão, Prefeitura inicia reparos em escola no Capão Bonito II
21/02/2019 - 11:05  Clayton Ortega reassume cargo na Secretaria de Governo da Prefeitura
21/02/2019 - 09:02  Projeto de Lei prevê pagamento de 14º e 15º salário a professores do município
21/02/2019 - 08:30  Vereador quer anulação de mão única em vias paralelas a Dorvalino
20/02/2019 - 13:44  Prefeito Maurílio faz entrega de Van adaptada para a secretaria de Saúde
20/02/2019 - 09:22  Vilma Felini pede interdição de escola que teve até incêndio em assentamento
19/02/2019 - 21:53  Após diagnóstico de câncer no fígado, amigos de Hélder Zoz realizam almoço beneficente
19/02/2019 - 16:47  Após denúncias, Vereadores formam comissão e fiscalizam escolas municipais
19/02/2019 - 14:34  Sidrolândia já tem 564 notificações de Dengue e virou destaque em MS
19/02/2019 - 13:50  MDB articula Renato Câmara para a presidência do partido em MS
19/02/2019 - 11:08  Sanesul adota equipamento para detectar problemas na rede em Maracaju
19/02/2019 - 10:27  Moradores do Valinhos também reclamam de abandono nas estradas
19/02/2019 - 08:41  Pais de alunos reclamam da péssima condição das escolas municipais
18/02/2019 - 13:43  “Sem condições”, afirmam moradores do Eldorado sobre estradas na região
 
 
 





 

 








Contato:(067) 9 9658 0765
Email: jornalnoticidade@hotmail.com

© 2019 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados