Home  | Notícias  | Expediente 

16 de Maio de 2018 - 10:01

Justiça determina desapropriação de frigorífico que era da JBS




 
A prefeitura de Cassilandia – cidade a 418 quilômetros de Campo Grande-, conseguiu na justiça a desapropriação do prédio onde funcionava a unidade da JBS na cidade, de portas fechadas desde março deste ano. A ação movida pela prefeitura contra a empresa Forte S/A Empreendimentos e Participações, atual detentora do endereço, cobrava a desocupação do local por entender que a unidade é de “utilidade pública e interesse social”.

Ou seja, que fosse desapropriada para que outro frigorífico se estabeleça na fábrica e volte a gerar empregos. Conforme a ação, a unidade gerava mais 600 empregos diretos e cerca três mil, indiretamente. A capacidade de abate diário no frigorifico, era de 500 a 600 bovinos por dia.

Contudo, a prefeitura de Cassilândia depositou indenização de R$ 320 mil pela desapropriação, referente aos valores das escrituras de venda e compra e também pelo laudo oficial de avaliação da Comissão de Avaliação de Imóveis Urbanos e Rurais de Cassilândia, que fará levantamento de sobre equipamento e móveis, presentes na unidade.

Por fim, a juiza Flávia Simone Cavalcante, da 2ª Vara de Justiça de Cassilândia, concedeu a desapropriação, nesta segunda-feira (14), mas a Forte ainda pode tentar recorrer da liminar.

JBS 

Em nota, a JBS esclareceu que o processo judicial não foi ajuizado contra a Companhia e também que o contrato de arrendamento da planta de Cassilândia (MS), já se encontra finalizado. O encerramento das operações da JBS na unidade se deu em decorrência da determinação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Fusão e Paralisão 

Em 2014, o próprio Cade aprovou o Ato de Concentração (fusão de empresas) entre JBS, Rodopa, além da Forte Empreendimentos e Participações. Na ocasião, a JBS locou três unidades de abate e desossa, a de Cassilândia e outras duas no interior de São Paulo e de Goiás, conforme informou o Cade.

O conselho condicionou a concentração das empresas ao cumprimento de algumas obrigações, como manutenção nas unidades de níveis médios de abates de bovinos pelo período de três anos. O que não foi cumprido, segundo o Cade.

O órgão então reviu a operação, em outubro de 2016, aplicou multa sobre a JBS e a Rodopa, por descumprimento dos termos do Ato de Concentração, no valor de R$ 200 mil cada. Em 2017, após essa decisão, as empresas comunicaram a rescisão imediata do contrato de arrendamento.

A rescisão não seguiu, por conta dos padrões estabelecidos pelo Cade, então as empresas foram multadas novamente. Desta vez, a JBS recebeu multa de R$ 40 milhões; e Rodopa e Forte, em 1,6 R$ milhão, solidariamente. Contudo, o endividamento levou a unidade a ser fechada em meados de 20 de março, deste ano.

Campo Grande News


principal  |  imprimir

Plantão

.
18/12/2018 - 16:10  Aplicativo de celular vai ajudar Polícia Rodoviária a monitorar estradas
18/12/2018 - 15:58  Shoppings estendem horários a partir de hoje para fisgar consumidor no Natal
18/12/2018 - 15:15  DOF apreende veículos na MS-162 com produtos contrabandeados do Paraguai
18/12/2018 - 11:08  Vereador fará evento de dança para arrecadar brinquedos em Maracaju
18/12/2018 - 09:20  Secretarias municipais de Sidrolândia recebem dois veículos novos
18/12/2018 - 08:57  Estado encerra hoje inscrição para contratar professores com vagas em Sidrolândia e Maracaju
17/12/2018 - 11:33  Comércio é arrombado e meliantes levam TV, notebook e dinheiro
17/12/2018 - 08:22  Valdecir Carnevalli diz que vereadores não receberão por extraordinária
16/12/2018 - 20:46  Aldeia e Assentamento recebem patrulhas mecanizadas em Sidrolândia
16/12/2018 - 20:14  Fora da Presidência, Jean vai perder controle de secretaria e mais de 50 cargos indicados
16/12/2018 - 19:54  Capotamento em estrada vicinal mobiliza Corpo de Bombeiros em Sidrolândia
16/12/2018 - 19:36  Ford Ranger bate em carreta e dois ficam feridos na BR-262
16/12/2018 - 19:21  Chuva e vento forte provoca queda de árvore em Maracaju
14/12/2018 - 12:23  Com 12 votos, Carlos Henrique é eleito presidente da Câmara e agradece apoio recebido
14/12/2018 - 09:40  A partir de hoje, unidades da rede municipal recebem matrículas
14/12/2018 - 08:21  Coeso, G9 elegerá Carlos Henrique na presidência da Câmara em sessão daqui a pouco
14/12/2018 - 07:48  Autoridades se reúnem para discutir melhorias no trânsito de Maracaju
13/12/2018 - 08:04  Promotoria diz que além de improbidade, Jean cometeu crime de falsidade ideológica
12/12/2018 - 15:55  Confira o nome dos ganhadores de 5 motos do sorteio do IPTU
12/12/2018 - 15:02  Desorganização de Jean Nazareth vai custar mais R$ 37.980 reais a população
 
 











 

 




Contato:(067) 9 9658 0765
Email: jornalnoticidade@hotmail.com

© 2018 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados