Home  | Notícias  | Expediente 

07 de Maio de 2018 - 09:59

Empresa de energia é condenada a indenizar família em R$ 2 milhões




 
Uma concessionária de energia foi condenada a pagar uma indenização de mais de R$ 2 milhões à família de um engenheiro agrônomo que foi eletrocutado por um cabo de alta tensão solto em uma fazenda. Além da indenização, a família receberá pensão mensal até o ano em que o homem completaria 75 anos.

O caso aconteceu em 2014, quando um poste de energia na zona rural de São Gabriel do Oeste se deslocou e o cabo de alta tensão se soltou. Os moradores comunicaram a concessionária de energia, que não apareceu para fazer os reparos e deixou os consumidores por três dias sem energia elétrica.

De acordo com os autos do processo, o engenheiro agrônomo e um colega de trabalho estavam em uma propriedade rural na região da queda do poste quando sofreram com a descarga de 36.000 volts. A descarga foi provocada pelo cabo de alta tensão que estava a pouco mais de um metro do chão, o agrônomo morreu e o colega de trabalho sofreu graves ferimentos e a amputação de um membro.

Segundo informações do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a esposa do engenheiro entrou com a ação e pediu indenização por danos materiais e morais, além de uma pensão no valor de dois terços do salário do marido. No processo, a empresa alegou não possuir responsabilidade pelo dano, que aconteceu devido a fatores climáticos, que provocaram a queda do fio de alta tensão.

“Compete à concessionária – sobretudo depois de receber reiteradas reclamações de usuários acerca de falha/interrupção de serviço numa mesma região, por mais de três dias – deslocar-se ao local e verificar se há risco iminente de danos a pessoa, bens ou ao funcionamento do sistema elétrico”, avaliou a juíza. A Justiça fixou a indenização por danos morais no valor de 700 salários mínimos, para a esposa e as duas filhas, além de R$ 2 milhões, mais os danos materiais com as despesas do funeral, no valor de R$ 10 mil.

Midiamax


principal  |  imprimir

Plantão

.
16/08/2018 - 01:09  Sob ameaça de morte, mulher ‘expulsa’ ex-marido e atual esposa da cidade
16/08/2018 - 00:32  Show com MC Loma já é sucesso e deve registrar recorde no ‘Bailão Sertanejo’
15/08/2018 - 18:23  Projeto de Lei visa impor prazo mínimo de qualidade de asfalto e penalizar responsáveis
15/08/2018 - 17:38  Prefeitura inicia processo de instalação de semáforo e mudança no trânsito de avenida
15/08/2018 - 16:40  Sidrolandense que perdeu 33 kg diz que “desafio” foi começo da mudança
14/08/2018 - 16:41  Apoio da família Basso a Bolsonaro vira destaque na Veja e Folha de São Paulo
14/08/2018 - 14:28  Líder do Prefeito, Cledinaldo manifesta apoio a Carlos Henrique para presidência da câmara
14/08/2018 - 08:46  Campanha IPTU Premiado 2018 sorteou três prêmios entre contribuintes
14/08/2018 - 08:30  Dama Acustic Bar terá fim de semana com Ramiro e Rafael e Edy Lemond
14/08/2018 - 07:53  Confira todas as atrações confirmadas para a Expo Sidrolândia 2018
14/08/2018 - 07:42  Integrante do Circo Balão Mágico morre em acidente de trânsito na BR-158
13/08/2018 - 18:31  Desafio de emagrecimento terá homens de até 127 kg; veja quem são
13/08/2018 - 17:47  Acusado de latrocínio brutal ocorrido em maio, é preso após grande trabalho da Polícia Civil
13/08/2018 - 16:48  Confirmadas participantes da categoria feminina do Desafio Top 90
13/08/2018 - 13:16  Prefeitura adquire três veículos e renova a frota da Saúde Municipal
13/08/2018 - 13:00  Expo Sidrolândia terá show gospel nacional com Ministério Trazendo a Arca
13/08/2018 - 12:45  Gilberto Schaedler assume Senai de Maracaju, Naviraí e Dourados
13/08/2018 - 00:15  Vizinho aluga casa com família dentro e ainda agride jovem grávida
12/08/2018 - 23:53  Produtos roubados em usina de Maracaju são recuperados na Capital
12/08/2018 - 23:42  Simone Tebet desiste e MDB pode apoiar Harfouche na briga por governo
 
 











 
 
 



Contato:(067) 3272-3547
Email: jornalnoticidade@hotmail.com
© 2018 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados