Home  | Notícias  | Expediente 

05 de Abril de 2018 - 10:16

‘Giro Solidário’ volta a fazer vítimas em Sidrolândia com promessas de ganhos de até R$ 1.200




Foto: Divulgação

Golpe voltou a fazer vítimas em Sidrolândia.
 

Um conhecido esquema de pirâmide financeira voltou a ser compartilhado nas redes sociais em Sidrolândia e tem chamado atenção de muitas pessoas que procuram dinheiro rápido e fácil, o “Giro Solidário” funciona no modelo de "mandala", que necessita do recrutamento frequente de novos membros em um grupo de Whatsapp.

O convite é atraente “Invista R$ 150,00 e receba R$ 600,00 ou invista R$ 300,00 e ganhe R$ 1.200,00, ganhos em até 3 dias”, mas de acordo com a Polícia Civil, os participantes podem ser condenados em até oito anos de reclusão pelo crime de estelionato.

Em 2017, o “Giro Solidário” fez muitas vítimas em Sidrolândia e vários casos foram parar na polícia, a maioria das pessoas recrutadas não faziam ideia de como funcionava o esquema e eram atraídas pela promessa de dinheiro rápido e fácil.

“A pessoa que for convidada a participar de algum grupo atualmente conhecido como ajuda mútua, deve pesquisar antes. Seja na internet, com parentes ou até na delegacia. É sempre bom que esses ‘investimentos’ não sejam depositados na conta de um desconhecido”, declarou um porta voz da Polícia Civil.

Como funciona: Um grupo no Whatsapp é criado composto de 15 pessoas. Para entrar no giro, o convidado precisa depositar um valor X na conta da pessoal que está no centro da mandala, na maioria dos grupos, em menos de uma semana, a pessoa deposita e recebe o valor esperado

Então, todos os participantes devem colocar mais membros para que assim, uma por vez vá, cada uma para o centro e então receba o dinheiro que os novos membros irão ‘investir’.

Entretanto, o que costuma ocorrer é que para que continue retornando o dinheiro, o recrutamento de pessoas nunca deve acabar. Caso não haja inserção de novos membros, os investidores serão lesados e perderão a quantia investida.

“Não caiam nestes golpes, trabalhem pelo dinheiro de vocês que é certeza de retorno, não existe dinheiro fácil e a partir do momento que você entra neste esquema criminoso, você também se torna um estelionatário”, destacou o policial.

Luiz Ribeiro – Noticidade 



principal  |  imprimir

Plantão

.
13/12/2018 - 08:04  Promotoria diz que além de improbidade, Jean cometeu crime de falsidade ideológica
12/12/2018 - 15:55  Confira o nome dos ganhadores de 5 motos do sorteio do IPTU
12/12/2018 - 15:02  Desorganização de Jean Nazareth vai custar mais R$ 37.980 reais a população
12/12/2018 - 14:51  Com Recorde de público na 1ª edição, Baile da Gaiola volta nesta sexta
12/12/2018 - 11:13  Emendas de Marcio Fernandes a Sidrolândia totaliza R$ R$ 63 mil
12/12/2018 - 10:58  Com equipes na Rua, Polícia Civil inicia operação de final de ano e prende três pessoas
11/12/2018 - 21:51  SIG prende homem acusado de praticar vários furtos em Sidrolândia
11/12/2018 - 21:22  Maracaju aparece em ranking das 10 cidades mais quentes do Brasil
11/12/2018 - 21:03  BBCA anuncia retomada da obra e início da produção em outubro
11/12/2018 - 20:04  Acidente envolvendo quatro veículos deixa vítima fatal na rodovia BR-267 em Maracaju
11/12/2018 - 18:16  Moderna, obra de ampliação da agência do Senai é lançada em Sidrolândia
10/12/2018 - 15:14  G9 fecha questão, assina ata e confirma novo grupo para comandar a câmara
10/12/2018 - 10:16  Comércio de Maracaju não poderá abrir em horário especial de Natal
10/12/2018 - 09:54  Em plena véspera de feriado, população de Sidrolândia fica sem água
10/12/2018 - 08:28  Problema no “amarelo” interrompe ligação dos semáforos que acaba adiada mais uma vez
09/12/2018 - 22:34  Semáforos entram em funcionamento nesta segunda-feira em Sidrolândia
09/12/2018 - 22:17  Prefeitura entrega nesta segunda-feira mais duas ambulâncias a população
09/12/2018 - 21:56  Buchanelli reúne lideranças do Nutrimais e agradece empenho em 2018
09/12/2018 - 21:02  Sintracom e ASSEMA travam batalha que emperra o fechamento da CCT
09/12/2018 - 20:27  Homem condenado a 16 anos de prisão por estupro é localizado e preso no Cascatinha
 
 











 

 




Contato:(067) 9 9658 0765
Email: jornalnoticidade@hotmail.com

© 2018 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados