Home  | Notícias  | Expediente 

13 de Março de 2018 - 08:12

Jean Nazareth participa de audiência buscando alternativas para telefonia móvel na área rural




O Presidente da Câmara Municipal Jean Nazareth (PT) representou Sidrolândia durante uma importante audiência pública com o tema ‘A Telefonia Móvel na Área Rural de MS, proposta pelo deputado João Grandão, em parceria com os deputados federais Vander Loubet (PT) e Zeca do PT, ambos representantes do Mato Grosso do Sul.

De acordo com os números apresentados pelo líder do Partido dos Trabalhadores (PT), deputado estadual João Grandão, mais de 75 mil famílias sofrem com a falta de telefonia móvel. O que equivale a 350 mil pessoas que não são atendidas em todo o Estado.

Sidrolândia que é um município que tem uma extensa área rural com aldeias, fazendas e 28 assentamentos sempre teve moradores prejudicados com a falta de sinal de telefonia móvel nessas localidades.  “Enquanto não nos mobilizarmos, nada vai mudar, essa audiência é um grande avanço, pois nossos deputados estão agindo em defesa da população que sofre com essa dificuldade em varias regiões do Estado e em Sidrolândia não é diferente, os moradores da área rural tem o direito de ter acesso ao sinal de telefonia móvel, é uma questão básica e extremamente importante, não medirei esforços para auxiliar nesta luta”, destacou Jean.  Em Sidrolândia o problema está afetando diretamente a comunicação de cerca de 20 mil pessoas na região.  

“Sem telefone não consegue chamar um atendimento médico em caso de emergência. Nosso objetivo é abrir a discussão para que as áreas rurais que estão desatendidas possam ser contempladas. Quando estamos a 30 km de Campo Grande já encontramos falta de sinal da telefonia móvel e não se consegue utilizar o celular”, alertou Grandão.

Para o deputado federal Vander Loubet, a falta de sinal dificulta o desenvolvimento do Estado. “O ano passado fui passar o carnaval em Piraputanga e o celular não funcionava. Então eu me pergunto: como pode um município com potencial de turismo não ter sinal no celular?”, apontou o parlamentar.

O deputado federal, Zeca do PT falou da necessidade da ampliação do acesso. “É uma questão de exercício de cidadania, de dignidade para com os produtores rurais”. E o deputado Cabo Almi (PT) complementou: “é prioridade que a telefonia móvel funcione na área rural. Não tem como um Estado como nosso ter tantas áreas que não funciona o celular”.

“Não podemos mais viver no passado, é uma questão de cidadania que faz com que todos tenham acesso a informação. É uma necessidade”, afirmou o secretário-adjunto de Estado de Fazenda (Sefaz), Cloves Silva.

Já o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), André Nogueira fez uma retrospectiva. “Desde 1999, a telefonia já aparecia como demanda nos assentamentos. Passou da hora de avançar neste quesito e aumentar a cobertura da telefonia móvel”, ressaltou.

E ainda o representante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Douglas Cavalheiro registrou uma realidade que ele presencia. "Os jovens estão perdendo espaço porque não têm como se comunicar pela falta da telefonia móvel", informou.

O gerente de universalização e ampliação do acesso, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Eduardo Marques da Costa Jacomassi falou dos desafios enfrentados pela empresa em atender um país como o Brasil. “Atualmente são 5 milhões de pessoas desatendidas no pais e é um grande desafio chegar a telefonia móvel na área rural”, revelou.

Ele esclareceu ainda que a Anatel tem o Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust), que arrecada 1 bilhão por ano, mas que conforme a legislação atual, os recursos só podem ser usados com telefonia fixa e que é necessária alteração na norma para que possa ser usado na telefonia móvel.

O deputado João Grandão entregou ao secretário-adjunto da Sefaz duas minutas, uma que dispõe da criação sobre a concessão de crédito presumido do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) às empresas prestadoras dos serviços de comunicação de voz e de dados, que destinem recursos à aplicação em investimentos em infraestrutura no Estado. E a outra que é uma proposta de projeto de lei que cria o Fundo para Universalização do Acesso a Serviços de Telecomunicação no Estado de Mato Grosso do Sul (FundoEMS), para execução do Programa ‘MS Comunica’.

Outro encaminhamento da audiência pública foi à criação de um grupo de trabalho para acompanhamento de todo o processo de implantação de antenas nas áreas rurais, pois será solicitado para o Governo do Estado a licitação de 200 antenas para atender

Participaram também do debate representantes da Oi, Tim e Vivo, entre outras autoridades.

Douglas Amaral – Noticidade

 



principal  |  imprimir

Plantão

.
25/05/2018 - 08:21  Enelvo Felini acompanha paralisação e diz que governo tem que ceder
25/05/2018 - 07:40  Governo faz nova proposta, mas greve dos caminhoneiros continua
24/05/2018 - 18:09  Prefeitura suspende transporte escolar e anuncia medidas por causa da paralisação
24/05/2018 - 13:44  Falta de combustível força suspensão da coleta do lixo e transporte escolar em Maracaju
24/05/2018 - 13:37  Motoristas falam sobre manifestação e pedem apoio e respeito da população
24/05/2018 - 13:25  Com bombas esgotando, postos de Sidrolândia ficam lotados nesta quinta
23/05/2018 - 22:43  Veículo perde o controle ao desviar de carro em rotatória e acaba colidindo em poste
23/05/2018 - 17:25  Assema manifesta apoio a paralisação de caminhoneiros em Maracaju
23/05/2018 - 16:48  Delegada da PF que chamou morte de índio de “consequência indesejável” vira ré em ação
23/05/2018 - 10:47  Sidrolandense de 23 anos desaparece após sair para receber acerto na Capital
23/05/2018 - 10:14  Prefeitura firma parceria e Uniderp trará grande ação social a Sidrolândia
23/05/2018 - 09:47  Após cumprir 21 prisões, Gaeco volta às ruas pela Operação Oiketicus
23/05/2018 - 09:15  Aos 79 anos, maracajuense constrói praça sozinho em Bairro da Capital
23/05/2018 - 07:28  Em Maracaju e Sidrolândia, mais de 1500 caminhoneiros aderem à paralisação geral
22/05/2018 - 14:51  Empresa inicia trabalhos de construção das bases habitacionais no Sidrolar
22/05/2018 - 09:53  Corpo encontrado carbonizado em assentamento é de homem de 73 anos
22/05/2018 - 09:04  Senador Moka libera mais duas emendas para área da saúde em Maracaju
22/05/2018 - 08:15  Criança de 11 anos é atropelada ao atravessar a Avenida Antero Lemes
21/05/2018 - 18:10  Bairro Jardim Pindorama receberá asfalto após anúncio de licitação
21/05/2018 - 13:49  Criminosos ligados ao PCC são presos durante tentativa de roubo ao Sicredi
 
 











 
 
 



Contato:(067) 3272-3547
Email: jornalnoticidade@hotmail.com
© 2018 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados