Home  | Notícias  | Expediente 

07 de Março de 2018 - 08:32

Policial Civil foi executado com 30 tiros de fuzil Ak-47 em Ponta Porã




Está sendo velado em Ponta Porã o corpo do policial civil Wescley Vasconcelos, assassinado com 30 tiros de fuzil na tarde de ontem terça-feira (6), no município.

A investigação está sob a responsabilidade da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios (DEH). Ainda não há suspeitos.

Wescley era investigador de polícia e morreu em uma emboscada a poucos metros da casa dele, que fica bem perto da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã, onde é lotado. Ele saiu do trabalho de carro junto com uma estagiária para pegar algo em casa e, no caminho, foi baleado.

A estagiária foi atingida por tiro de raspão e encaminhada para o Hospital Regional de Ponta Porã. O carro em que ela e Wescley estavam ficou com marcas de tiros de fuzil Ak-47, que é de fabricação russa.

De acordo com a Polícia Civil, isso demonstra o alto grau de profissionalismo dos criminosos, porque houve grande quantidade de disparos e praticamente só acertaram o policial, que era o alvo.

Policiais de diversas delegacias de Campo Grande foram para Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, para auxiliar no trabalho de buscas aos suspeitos

Nota - O Sindicato de Policiais Civis de Mato Grosso do Sul disse que o assassinato de Wescley "é uma afronta ao próprio estado" e que dá suporte à família do investigador e colegas.

Também em nota, a Polícia Civil informou que as investigações sobre o caso já começaram e a que a DEH ficará responsável pelos trabalhos. A instituição informou ainda que também presta apoio a familiares e amigos de Wescley.

(Com informações do G1/MS)


principal  |  imprimir

Plantão

.
22/01/2019 - 19:10  Epidemia: Com lixo em toda parte, Sidrolândia já lidera ranking da Dengue no Estado
22/01/2019 - 15:42  Secretaria de Segurança intensifica ações na fronteira do Brasil com o Paraguai
22/01/2019 - 15:16  Assembleia devolve R$ 11 milhões e Estado vai aplicar em Hospitais
22/01/2019 - 15:00  UEMS abre vagas para Administração e Pedagogia em Maracaju
22/01/2019 - 14:38  Desafio Internacional de Futevolei reunirá melhores do Mundo em Maracaju
22/01/2019 - 13:46  TJ condena banco por contratação indevida de empréstimo em Sidrolândia
22/01/2019 - 13:09  Vereadores recorrem ao Ministério Público para cobrar Energisa sobre tarifas
22/01/2019 - 12:41  Em Sidrolândia, familiares buscam por idosa que saiu para fazer caminhada e desapareceu
21/01/2019 - 00:34  Vereador Robert Ziemann cobra limpeza e fiscalização de terrenos baldios
21/01/2019 - 00:19  Presidente da Câmara vai formar comissão para cobrar Sanesul e Energisa
20/01/2019 - 23:19  Sobre Enelvo Felini, governador diz que vai ajudar tucano a se eleger prefeito de Sidrolândia
20/01/2019 - 22:46  Sem justificativa, moradores sofrem com alta nas tarifas de energia elétrica
20/01/2019 - 22:22  Absurdo: Em Sidrolândia, moradores completam mais de 48 horas sem água
20/01/2019 - 21:05  Rincão Agrícola realiza nesta terça-feira, “Dia de Campo” e convida produtores
19/01/2019 - 10:21  População reclama de falta de água em pleno sábado em Sidrolândia
18/01/2019 - 14:26  Homem é preso com cinco espingardas na região de Maracaju
18/01/2019 - 14:09  Com Sebrae, Prefeitura de Maracaju quer fortalecer empreendedorismo
18/01/2019 - 10:40  Orçada em R$ 8,6 milhões, estação de esgoto de Maracaju é uma das mais modernas
18/01/2019 - 09:52  Cantora revelação nacional, Lauana Prado se apresenta em Sidrolândia hoje
17/01/2019 - 16:35  Com lixo em terrenos, cresce número de notificações de dengue na cidade
 
 











 

 




Contato:(067) 9 9658 0765
Email: jornalnoticidade@hotmail.com

© 2019 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados