Home  | Notícias  | Expediente 

11 de Fevereiro de 2018 - 14:28

Estudo investiga se superstição motiva matança de tamanduás em MS




 
Uma pesquisa inédita desenvolvida em Mato Grosso do Sul investiga até que ponto a superstição da população interfere na matança desenfreada de tamanduás-bandeira no estado. Parece mentira mas, em pleno 2018, muitas culturas preservam o hábito de agredir esses animais por acreditar que eles “atraem” azar. 

Uma pesquisa inédita desenvolvida em Mato Grosso do Sul investiga até que ponto a superstição da população interfere na matança desenfreada de tamanduás-bandeira no estado. Parece mentira mas, em pleno 2018, muitas culturas preservam o hábito de agredir esses animais por acreditar que eles “atraem” azar. 

A exemplo de animais como o gato preto e sua relação com má sorte, em países como o Brasil, Bolívia, Colômbia e Costa Rica é muito forte a crença de que o tamanduá-bandeira é portador de mau-agrouro. 

“As crenças folcóricas levam a uma visão negativa da espécie”, explica a bióloga Mariana Catapani, à frente do projeto de doutorado “Da superstição à perseguição: os motivadores dos conflitos humano-fauna motivados por crenças de mau-agouro” pela USP (Universidade de São Paulo). 

O trabalho foi motivado pelo alto número de relatos de moradores de áreas rurais sobre a ligação do animal como símbolo de azar, bruxarias. 

“São quase dez anos conversando com trabalhadores rurais. Há superstição de que se encontrar um tamanduá antes da pescaria, não terá peixe algum, ou que se o bicho aparecer no meio do caminho, é melhor voltar para casa”, explica. 

A bióloga pretende realizar 300 entrevistas, Já foram ouvidos cerca de 70 trabalhadores rurais no Cerrado e Pantanal e mais de 80 caminhoneiros no estado.

Atropela de propósito- “Acreditamos que muitos atropelamentos de tamanduás sejam intencionais, motivados pela crença de que se o animal atravessar na frente do carro, o condutor terá azar”, conta.

Vale ressaltar que o tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla), consta na categoria “Vulnerável” da Lista Nacional das Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção. As maiores causas do declínio das populações de tamanduás-bandeira são a perda e fragmentação de hábitat, queimadas e caça.

“Como a espécie já é ameaçada de extinção, com baixo crescimento populacional, os atropelamentos propositais e perseguição humana contribuem para a retirada de mais indivíduos da natureza”, concluiu. 

Em Mato Grosso do Sul, o animal está entre as espécies com maior incidência de atropelamentos nas rodovias. Entre 2013 e 2014, o tamanduá-bandeira foi a terceira espécie mais atropelada, depois do cachorro-do-mato e do tatu-peba, com 135 carcaças encontradas. 

“O estudo investiga os fatores psicológicos e socioculturais associados à assimilação dessas crenças e como isso se desenvolve ao ponto de matar um animal. A compreensão desses fatores pode auxiliar em intervenções para a conservação dessas espécies”, acredita.

Campo Grande News


principal  |  imprimir

Plantão

.
17/08/2018 - 20:52  Parte de guincho abre e caminhão arrasta veículo no Centro da cidade
17/08/2018 - 13:20  Veja como foi o Rota Social na abertura da casa de eventos "Dama"
17/08/2018 - 06:47  Preso em Sidrolândia, acusado de estuprar enteada durante seis anos diz estar arrependido
17/08/2018 - 06:34  Circuito Agro Banco do Brasil terá grande oferta de linhas de crédito
17/08/2018 - 06:29  Maurílio recebe prefeita de Antônio João para falar sobre gestão pública
17/08/2018 - 06:19  PRF, Prefeitura e Detran/MS realizaram o 9º Fetran 2018 em Sidrolândia
16/08/2018 - 18:34  Prefeito decreta Luto e suspende aulas em razão do falecimento de servidor
16/08/2018 - 16:54  Novo delegado irá reabrir casos antigos e destaca ótimo trabalho do SIG
16/08/2018 - 10:15  Otacir Figueiredo diz que chapa única é ilusão e vai disputar presidência da Câmara
16/08/2018 - 09:39  Chove em várias regiões de MS e previsão é de tempo instável
16/08/2018 - 08:52  A partir de hoje, 514 candidatos em MS podem fazer propaganda pelo voto
16/08/2018 - 01:09  Sob ameaça de morte, mulher ‘expulsa’ ex-marido e atual esposa da cidade
16/08/2018 - 00:32  Show com MC Loma já é sucesso e deve registrar recorde no ‘Bailão Sertanejo’
15/08/2018 - 18:23  Projeto de Lei visa impor prazo mínimo de qualidade de asfalto e penalizar responsáveis
15/08/2018 - 17:38  Prefeitura inicia processo de instalação de semáforo e mudança no trânsito de avenida
15/08/2018 - 16:40  Sidrolandense que perdeu 33 kg diz que “desafio” foi começo da mudança
14/08/2018 - 16:41  Apoio da família Basso a Bolsonaro vira destaque na Veja e Folha de São Paulo
14/08/2018 - 14:28  Líder do Prefeito, Cledinaldo manifesta apoio a Carlos Henrique para presidência da câmara
14/08/2018 - 08:46  Campanha IPTU Premiado 2018 sorteou três prêmios entre contribuintes
14/08/2018 - 08:30  Dama Acustic Bar terá fim de semana com Ramiro e Rafael e Edy Lemond
 
 











 
 
 



Contato:(067) 3272-3547
Email: jornalnoticidade@hotmail.com
© 2018 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados