Home  | Notícias  | Expediente 

11 de Janeiro de 2018 - 18:45

Polícia ouve vítima de estupro e versão contradiz a de testemunhas; nenhum suspeito foi preso




 

A Polícia ouviu a vítima de um possível estupro coletivo cometido durante a madrugada desta quinta-feira (11), que relatou ter sido abusada por três homens após ter sido abordada e levada até o salão de uma igreja no Bairro Pé de Cedro.

Segundo a vítima, os três homens a abordaram quando ela saiu de casa para ir comprar cigarros, um dos rapazes inicialmente teria pedido uma informação e logo em seguida rendido a vítima colocando uma faca em seu pescoço.

Na delegacia, a mulher informou que apenas dois homens teriam forçado relação sexual e um deles ficou apenas cuidando o local, mas se for confirmado que ele se aproveitou da mulher de alguma forma sexual, também caracteriza estupro.

A versão da vítima, porém, contradiz a de um guarda que faz rondas pelo bairro na companhia de outro trabalhador, ambos revezam a segurança de algumas casas que contratam o serviço e um deles relatou a nossa reportagem ter visto a mulher durante a noite e que ela não aparentava ter sido vítima de estupro, mas que estava seminua.

“Ela nos abordou em frente a casa dela, estava seminua, sem a parte de cima da roupa e cobrindo os seios, mas nos disse que seu marido havia a tirado de casa, ainda pediu que a gente arrombasse o portão ou jogasse ela por cima, mas nós dissemos que não tínhamos esse direito e sugerimos que ela chamasse a polícia, porém em nenhum momento ela mencionou ter sido estuprada”, destacou um dos guardas, que não quis se identificar.

Em outro momento, os rapazes tornaram a ver a mulher, desta vez com um roupão e tentando fazer uma ligação em um orelhão do Bairro, ela aparentava estar desesperada, mas novamente, não mencionou estupro.

Outra coisa que chama atenção é o fato dos guardas não terem notado a presença dos três elementos apontados pela vítima e o acesso ao salão da igreja estar bloqueado, sem sinais de que alguém tenha pulado o muro.

Independente da situação, a equipe da Polícia Civil continua trabalhando com a hipótese de estupro e procura informações sobre o paradeiro dos suspeitos para que o caso seja esclarecido.

Luiz Ribeiro – Noticidade 



principal  |  imprimir

Plantão

.
25/05/2018 - 08:21  Enelvo Felini acompanha paralisação e diz que governo tem que ceder
25/05/2018 - 07:40  Governo faz nova proposta, mas greve dos caminhoneiros continua
24/05/2018 - 18:09  Prefeitura suspende transporte escolar e anuncia medidas por causa da paralisação
24/05/2018 - 13:44  Falta de combustível força suspensão da coleta do lixo e transporte escolar em Maracaju
24/05/2018 - 13:37  Motoristas falam sobre manifestação e pedem apoio e respeito da população
24/05/2018 - 13:25  Com bombas esgotando, postos de Sidrolândia ficam lotados nesta quinta
23/05/2018 - 22:43  Veículo perde o controle ao desviar de carro em rotatória e acaba colidindo em poste
23/05/2018 - 17:25  Assema manifesta apoio a paralisação de caminhoneiros em Maracaju
23/05/2018 - 16:48  Delegada da PF que chamou morte de índio de “consequência indesejável” vira ré em ação
23/05/2018 - 10:47  Sidrolandense de 23 anos desaparece após sair para receber acerto na Capital
23/05/2018 - 10:14  Prefeitura firma parceria e Uniderp trará grande ação social a Sidrolândia
23/05/2018 - 09:47  Após cumprir 21 prisões, Gaeco volta às ruas pela Operação Oiketicus
23/05/2018 - 09:15  Aos 79 anos, maracajuense constrói praça sozinho em Bairro da Capital
23/05/2018 - 07:28  Em Maracaju e Sidrolândia, mais de 1500 caminhoneiros aderem à paralisação geral
22/05/2018 - 14:51  Empresa inicia trabalhos de construção das bases habitacionais no Sidrolar
22/05/2018 - 09:53  Corpo encontrado carbonizado em assentamento é de homem de 73 anos
22/05/2018 - 09:04  Senador Moka libera mais duas emendas para área da saúde em Maracaju
22/05/2018 - 08:15  Criança de 11 anos é atropelada ao atravessar a Avenida Antero Lemes
21/05/2018 - 18:10  Bairro Jardim Pindorama receberá asfalto após anúncio de licitação
21/05/2018 - 13:49  Criminosos ligados ao PCC são presos durante tentativa de roubo ao Sicredi
 
 











 
 
 



Contato:(067) 3272-3547
Email: jornalnoticidade@hotmail.com
© 2018 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados