Home  | Notícias  | Expediente 

30 de Novembro de 2017 - 18:35

Prefeitos pedem apoio de Azambuja para ter compensação por geração de energia




 
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) debateu com prefeitos, nesta quinta-feira (30), a queda na compensação financeira de municípios sede de usinas hidrelétricas ou com áreas alagadas para geração de energia. A situação impacta finanças de 13 cidades do Estado.

Sonora, a 351 quilômetros de Campo Grande, amarga prejuízos anuais de R$ 600 mil desde que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) reduziu no ano passado tarifa atualizada de referência no cálculo da compensação financeira pela utilização de recursos hídricos.

Quando somadas as perdas da compensação, conforme a Amusuh (Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas e Alagados), deixaram de ser repassados R$ 17 milhões, ao se reduzir o valor de referência de R$ 93,35 para R$ 72,20 pagos por megawatt/hora.

Em outubro, a associação ingressou com ação judicial contra a Aneel para reverter o corte e os prefeitos buscaram junto a Azambuja apoio nesse pleito. "O governador se sensibilizou e vai avaliar com o jurídico qual a melhor maneira, se judicial ou atráves do Legislativo", disse o prefeito de Água Clara, Edvaldo Alves de Queiroz (PDT). "Ele se dispôs a atender".

Para o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina (PSDB), a procuradoria estadual pretende observar os fundamentos da ação antes de um efetivo posicionamento. Isso porque a Aneel teria utilizado legislação de 2013.

Do encontro, na governadoria, participaram os prefeitos de Água Clara, Bataguassu, Sonora e Três Lagoas, os deputados estaduais Beto Pereira (PSDB) e Felipe Orro (PSDB), assim como os secretários de Governo, Eduardo Riedel, e de Desenvolvimento, Jaime Verruck.

Em paralelo – Projeto de lei busca aumentar de 45% para 65% a compensação destinada aos 727 municípios sede de usinas e alagados. O texto foi relatado pelo senador Cadinhos Santos (PR-MT), sendo aprovado na semana passada pela CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) do Senado. Caso este chegue a ser sancionado pelo presidente Michel Temer (PMDB) haverá acréscimo de 44% nas transferências para as prefeituras.

Campo Grande News



Comentários

  Nome:

  Email: seu email não será publicado!

Comentários:


principal  |  imprimir

Plantão

.
23/02/2018 - 17:35  De imediato, autoridades garantem reforço de apenas cinco militares e uma viatura
23/02/2018 - 16:58  Prefeitura Municipal fará prestação de contas públicas na próxima terça-feira
23/02/2018 - 16:03  Com sede própria, Agraer pretende reduzir custos e melhorar atendimento
23/02/2018 - 15:00  Gerente de empresa de materiais é ameaçado por cliente ‘insatisfeito’
23/02/2018 - 09:43  Polícia de Dourados prende quadrilha que planejava furto a Agência dos Correios em Sidrolândia
23/02/2018 - 09:27  Polícia detém trio envolvido no furto de três motocicletas em Maracaju
22/02/2018 - 16:30  Projeto sobre obra do Aquário deve chegar semana que vem, diz Rinaldo
22/02/2018 - 16:29  PF fará teste para identificar se letra de ex-assessor de Odilon foi falsificada
22/02/2018 - 16:28  "Perdeu sanidade", diz Marun ao anunciar demissão de chefe da Sudeco
22/02/2018 - 16:25  1º Circuito de Basquete 3X3 abre eventos do Basquete em Maracaju
22/02/2018 - 16:20  Alunos perderam dia de aula por causa de atoleiro em estradas vicinais
22/02/2018 - 15:33  Motorista que saiu de Maracaju é preso com 4 mil kg de maconha ‘mocada’ em carga de milho
22/02/2018 - 10:39  Deputado Márcio Fernandes viabiliza nova ambulância para Sidrolândia
22/02/2018 - 09:34  Prefeitura realiza preparação de área que receberá 51 residências
22/02/2018 - 09:14  Mulher vai cobrar aluguel e é ameaçada por inquilino no Bairro São Bento
21/02/2018 - 17:09  Cooperativa Sicredi arrecada donativos para Aquidauana e Bonito
21/02/2018 - 15:29  Carretas colidem na rodovia MS-162 entre Maracaju e Sidrolândia
21/02/2018 - 13:56  Energisa realiza ação de combate ao furto de energia em Maracaju
21/02/2018 - 13:49  Proprietário é surpreendido ao chegar à fazenda e notar furto de colheitadeira
21/02/2018 - 11:39  Sanesul faz rebaixamento de rede e interrompe abastecimento de água
 
 











 
 
 



Contato:(067) 3272-3547
Email: jornalnoticidade@hotmail.com
© 2018 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados