Home  | Notícias  | Expediente 

14 de Novembro de 2017 - 08:51

Ex-governador André Puccinelli é preso em operação da Polícia Federal




O ex-governador André Puccinelli (PMDB) saiu do prédio onde mora dentro de um carro da Polícia Federal, após os policiais entrarem com o veículo dentro da garagem do imóvel. Segundo o advogado de Puccinelli, Renê Siufi, o ex-governador está indo para a sede da Polícia Federal.

No entanto, informações confirmam a prisão de André.

“Já não tem mais o que apreender, já apreenderam tudo que já tinha que apreender. Só não sabemos se foi prisão ou não e, caso seja, vamos já entrar com habeas corpus”, afirmou ele tentando despistar sobre uma possível prisão do ex-governador.

A prisão aconteceu após várias fases da operação Lama Asfáltica, onde o ex-governador e outros agentes políticos e empresários são investigados por suspeitas de desvios de recursos públicos por meio de pagamento de propinas e superfaturamento de obras e impressão de livros.

O advogado e professor universitário André Puccinelli Junior também seria um dos alvos de prisão, porém ainda não foi confirmado pela Polícia Federal, que apresentará mais informações em entrevista coletiva ás 10h.

Papirus de Lama - Além das prisões, são cumpridos pela Polícia Federal seis mandados de condução coercitiva, 24 de busca e apreensão, além do sequestro de valores nas contas bancárias de pessoas físicas e empresas investigadas. As medidas estão sendo cumpridas em Campo Grande, Nioaque, Aquidauana e São Paulo (SP), com a participação de mais de 300 Policiais Federais, servidores da CGU e servidores da Receita Federal.

Os prejuízos causados pela Organização Criminosa ao erário, levando em consideração as fraudes e as propinas pagas a integrantes da Organização Criminosa, passam dos R$ 235 milhões. O cálculo é da própria PF.

Conforme informações oficiais da Polícia Federal, a investigação tem como objetivo desbaratar Organização Criminosa que desviou recursos públicos por meio do direcionamento de licitações públicas, superfaturamento de obras públicas, aquisição fictícia ou ilícita de produtos, financiamento de atividades privadas sem relação com a atividade-fim de empresas estatais, concessão de créditos tributários com vistas ao recebimento de propina e corrupção de agentes públicos. Os recursos desviados passaram por processos elaborados de ocultação da origem, resultando na configuração do delito de lavagem de dinheiro.

Esta nova fase da investigação decorre da análise dos materiais apreendidos em fases anteriores, cotejados com fiscalizações, exames periciais e diligências investigativas e, ainda, corroborados por depoimentos de colaboradores, os quais participaram do esquema delituoso. Este arcabouço probatório permitiu ratificar a linha investigativa adotada pela Força Tarefa acerca do modo de atuação da Organização Criminosa.

Luiz Ribeiro – Noticidade 




Comentários

  Nome:

  Email: seu email não será publicado!

Comentários:


principal  |  imprimir

Plantão

.
23/01/2018 - 16:00  Polícia Militar apreende veículo carregado com maconha e prende condutor
23/01/2018 - 10:33  Prefeitura faz manutenção de escola no Assentamento Geraldo Garcia e anuncia ampliação
23/01/2018 - 10:11  TV Morena exibe reportagem que mostra golpistas se passando por Gerson Claro
23/01/2018 - 09:30  JBS está ‘exportando’ mão de obra de MS para o Canadá
23/01/2018 - 09:23  Raiane irá representar Sidrolândia em etapa mundial de Concurso de Beleza
22/01/2018 - 16:57  Jovem é atendido no Hospital após colidir em carro enquanto empinava moto
22/01/2018 - 15:30  Ao esperar ônibus, mulher acaba atropelada no Bairro Morada da Serra
22/01/2018 - 14:33  Jovem luta com 3 para evitar roubo de sua moto, mas perde celular e dinheiro; ladrões fugiram
22/01/2018 - 10:21  Neste ano Prefeitura confirma investimento de R$ 1,2 milhão para apoio a universitários
22/01/2018 - 09:32  Em busca do sucesso, sidrolandense lança novo clip com dupla sertaneja
21/01/2018 - 23:45  Especialista diz que doenças vasculares aumentam em até 30% no verão
21/01/2018 - 23:45  OAB-MS abre inscrições para palestra sobre tributação na advocacia
21/01/2018 - 23:44  Mulher é presa com 4 mil munições em ônibus na fronteira
21/01/2018 - 23:43  Corumbaense bate o Ceilândia no jogo de ida da Copa Verde
21/01/2018 - 23:25  Homem é condenado a 9 anos de prisão por estuprar enteada durante 3 anos
21/01/2018 - 23:21  Motoristas reclamam de buraqueira na MS-162 entre Maracaju e Sidrolândia
21/01/2018 - 23:15  Macaco encontrado morto em Maracaju passará por teste de febre amarela
21/01/2018 - 22:59  Marun diz que base terá candidatura de lucidez entre Lula e Bolsonaro
21/01/2018 - 22:54  Denúncia que partiu de Sidrolândia levou PRF a apreender seis carretas com cigarro
21/01/2018 - 22:51  Motociclista de 22 anos morre ao colidir em vaca na MS-147
 
 











 
 
 



Contato:(067) 3272-3547
Email: jornalnoticidade@hotmail.com
© 2018 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados