Home  | Notícias  | Expediente 

13 de Novembro de 2017 - 19:22

Usina inicia demissão de 500 pessoas em Maracaju, mas promete manter atividade agrícola




Foto: Divulgação

A suspensão, segundo a Biosev, contribui para otimizar capacidade das usinas Passa Tempo e Rio Brilhante
 

Começou o processo de demissão de cerca de 500 funcionários da Biosev em Maracaju depois que a empresa decidiu suspender as atividades industriais no município.

O montante representa 60% dos trabalhadores da companhia, segundo informações passadas pela assessoria de imprensa.

Os 40% restantes continuam contratados, já que as atividades agrícolas foram mantidas. Toda a cana-de-açúcar colhida no local será encaminhada às usinas Passatempo e Rio Brilhante para ser processada.

A Biosev informou que todos os trabalhadores dispensados terão preservados todos os direitos trabalhistas, em estrita observância à lei. Além disso, a direção da empresa estuda com o sindicato da categoria formas de minimizar os impactos das rescisões. Afirma que está mantendo contato com organizações locais, associações e empresas para tentar recolocá-los no mercado de trabalho.

Representantes da usina também conversaram com o prefeito de Maracaju, Maurílio Ferreira Azambuja, para explicar os motivos que levaram à tomada de decisão.

A suspensão, segundo a Biosev, contribui para otimizar capacidade das usinas Passa Tempo e Rio Brilhante, capturar sinergia operacional e logística no Estado para reduzir seu custo de produção e melhorar performance, trazendo ainda mais resiliência para a geração de caixa, de forma a manter sua competitividade.

No comércio de Maracaju, o impacto das demissões de 500 trabalhadores é considerável tendo em vista que pelo menos 80% destes demitidos residiam em Maracaju, muitos pretendem abandonar a cidade em busca de oportunidade na mesma área.

Luiz Ribeiro – Noticidade 




Comentários

  Nome:

  Email: seu email não será publicado!

Comentários:


principal  |  imprimir

Plantão

.
22/11/2017 - 08:51  Polícia Civil e Militar realizam operação conjunta para coibir marginalidade
22/11/2017 - 08:03  A pedido de Jean e Marcelo, deputados garantem o repasse de R$ 4 milhões a Sidrolândia
21/11/2017 - 15:04  Fronteira recebe mais de 800 militares durante Operação Ágata
21/11/2017 - 15:03  Para a PF, organização patrocinava futebol de MS para lavar dinheiro
21/11/2017 - 15:02  PF cria canal para que vítimas denunciem quadrilha de golpistas
21/11/2017 - 15:01  Produtor rural é multado em R$ 10 mil por desmatar área protegida em Bonito
21/11/2017 - 14:45  Travesti assassinada com 9 facadas em Dourados era moradora de Maracaju
21/11/2017 - 11:02  Prefeito Maurílio faz entrega de novos veículos para duas Secretarias
21/11/2017 - 10:01  Ex-jogador Viola estará em Sidrolândia em comemoração aos 64 anos
21/11/2017 - 09:12  Homem com faca ameaça matar namorada, mas ajoelha e pede perdão ao avistar policiais
21/11/2017 - 08:33  Alto nível do Municipal de Basquete de Maracaju chama atenção no estado
20/11/2017 - 16:15  Carnaval fora de época ‘Black White’ será realizado no dia 16 de dezembro
20/11/2017 - 15:46  Maracaju pode ser pentacampeão da Copa Assomasul no próximo sábado
20/11/2017 - 09:08  Índice de roubos e furtos continua alto e operação da Cigcoe está prevista para Sidrolândia
20/11/2017 - 07:10  Caminhão é incendiado no Bairro São Bento e mobiliza Corpo de Bombeiros
20/11/2017 - 06:27  Prefeito percorre pessoalmente assentamentos e faz atendimentos médicos
20/11/2017 - 05:50  Energisa está proibida de cobrar taxa de religação de energia em MS
20/11/2017 - 00:59  Adolescente é ferido a tiros no rosto e levado em estado grave para hospital
20/11/2017 - 00:59  “Posso te dar um agrado”, preso tenta subornar agente e acaba isolado
20/11/2017 - 00:58  Travesti morta com 9 facadas é identificada pela polícia
 
 











 
 
 



Contato:(067) 3272-3547
Email: jornalnoticidade@hotmail.com
© 2017 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados