Home  | Notícias  | Expediente 

08 de Novembro de 2017 - 08:29

Em Sidrolândia, Prefeitura deve economizar R$ 2,5 milhões após cortes e demissões




Foto: Rallph Barbosa - Noticidade

Economia com as demissões se tornou relevante por causa das quedas na arrecadação
 

Ao cumprir uma medida judicial, o prefeito de Sidrolândia Marcelo Ascoli (PSL) se viu obrigado a promover aproximadamente 200 demissões de comissionados, e boa parte já foi demitida e as exonerações prosseguem.

No paço municipal o clima é de tristeza e corredores vazios, porém a boa notícia é a economia e equiparação das contas do governo municipal tendo em vista que a folha de pagamento em termos, pelo menos em alguns meses extrapolava o limite.

Por causa da queda nas arrecadações, no mês passado, a prefeitura oficializou a proibição de acúmulo de gratificações concedidas no início da gestão que praticamente dobravam o vencimento base dos beneficiados, a maioria deles agora estão sendo demitidos em cumprimento a decisão do Tribunal de Justiça que declarou inconstitucional a lei complementar 85 de 2013, que criou a atual estrutura com 220 cargos para preenchimento sem concurso público.

Marcelo Ascoli não viu outra saída, a não ser demitir os comissionados que ocupam os cargos de coordenador executivo, chefes de divisão, assessor técnico I e II, assessor especial, coordenador setorial, diretor de departamento, chefes de setor e diretores de unidades especiais.

Ao totalizar e confirmar as demissões dos funcionários contratados, a prefeitura deve economizar até fevereiro cerca de R$ 2,5 milhões de reais, provavelmente só a partir de março de 2018 a prefeitura vai pagar os funcionários que forem admitidos no início de fevereiro, isso se o projeto for readequado e aprovado pela câmara antes do recesso.

A maior preocupação das demissões é no tocante ao setor da saúde por conta dos atendimentos a população.

Douglas Amaral – Noticidade

 




Comentários

  Nome:

  Email: seu email não será publicado!

Comentários:


principal  |  imprimir

Plantão

.
21/11/2017 - 15:04  Fronteira recebe mais de 800 militares durante Operação Ágata
21/11/2017 - 15:03  Para a PF, organização patrocinava futebol de MS para lavar dinheiro
21/11/2017 - 15:02  PF cria canal para que vítimas denunciem quadrilha de golpistas
21/11/2017 - 15:01  Produtor rural é multado em R$ 10 mil por desmatar área protegida em Bonito
21/11/2017 - 14:45  Travesti assassinada com 9 facadas em Dourados era moradora de Maracaju
21/11/2017 - 11:02  Prefeito Maurílio faz entrega de novos veículos para duas Secretarias
21/11/2017 - 10:01  Ex-jogador Viola estará em Sidrolândia em comemoração aos 64 anos
21/11/2017 - 09:12  Homem com faca ameaça matar namorada, mas ajoelha e pede perdão ao avistar policiais
21/11/2017 - 08:33  Alto nível do Municipal de Basquete de Maracaju chama atenção no estado
20/11/2017 - 16:15  Carnaval fora de época ‘Black White’ será realizado no dia 16 de dezembro
20/11/2017 - 15:46  Maracaju pode ser pentacampeão da Copa Assomasul no próximo sábado
20/11/2017 - 09:08  Índice de roubos e furtos continua alto e operação da Cigcoe está prevista para Sidrolândia
20/11/2017 - 07:10  Caminhão é incendiado no Bairro São Bento e mobiliza Corpo de Bombeiros
20/11/2017 - 06:27  Prefeito percorre pessoalmente assentamentos e faz atendimentos médicos
20/11/2017 - 05:50  Energisa está proibida de cobrar taxa de religação de energia em MS
20/11/2017 - 00:59  Adolescente é ferido a tiros no rosto e levado em estado grave para hospital
20/11/2017 - 00:59  “Posso te dar um agrado”, preso tenta subornar agente e acaba isolado
20/11/2017 - 00:58  Travesti morta com 9 facadas é identificada pela polícia
20/11/2017 - 00:58  Após tentarem atravessar rodovia, homens são atropelados e um morre
20/11/2017 - 00:57  Corpo encontrado na fronteira seria de pistoleiro que executou criança em 2006
 
 











 
 
 



Contato:(067) 3272-3547
Email: jornalnoticidade@hotmail.com
© 2017 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados